Copenhaga

Há duas semanas atrás fomos visitar Bruges e Copenhaga. Planeamos esta pausa há alguns meses atrás mas demasiado tarde para sermos mais ambiciosos. Eu pessoalmente gosto de viajar no inverno mas pode ser um bocadinho mais complicado para estar devidamente preparado para o frio.

Decidimos partir de Londres (usando o Eurostar) para Bruxelas, daí apanhar um comboio para Bruges e voltar dois dias mais tarde a Bruxelas para apanhar um voo para Copenhaga.

Copenhaga é uma cidade particularmente interessante, no entanto não me cativou como Bruges. Eu prefiro cidades "paradas no tempo" onde posso sentir que estou também a viajar na história. Com grandes e belos novos edifícios, Copenhaga é excelente para apaixonados por arquitectura, mas é um pouco mais moderna do que esperava.

Dois dias não foram suficientes para fazer tudo o que queríamos. Fizemos tours de autocarro e barco mas infelizmente as nossas visitas a museus foram muito limitadas (o que é pena dado que os museus em Copenhaga são, na sua maioria, gratuitos).

Passamos uma tarde no Tivoli: um dos mais antigos parques de diversões.

Recomendações:

  • Comprar Hop on - Hop off tours (autocarro e barco) - se visitarem numa altura em que os canais estão congelados pode não ser a melhor ideia;
  • Visitar o Tivoli é mais caro às sextas-feiras - informem-se antes de visitar;
  • Não visitem o Guiness world records!

Comida e bebidas (esta lista foi feita por um amigo meu que viveu na Dinamarca):

  • http://cofoco.dk/da/restauranter/hoest/
  • http://www.madklubben.dk/bistro-de-luxe/
  • http://halifax.dk/restauranterne
  • http://torvehallernekbh.dk/
  • http://llamarestaurant.dk/
  • http://cofoco.dk/da/restauranter/oysters-and-grill/